domingo, 24 de julho de 2011

Quantos sorrisos você roubou hoje?

Havia uma criança de cachos no cabelo e olhar ingênuo na garagem esperando uma pessoa passar. Podia ser uma garota, podia ser uma velhinha, quem sabe seria um menino ou então uma grávida. Essa menina esperava ansiosa pela próxima pessoa que passaria na frente da sua casa. A grade a impedia de ver antes da pessoa estar a poucos metros dela e isso aumentava ainda mais a ansiedade. De repente ouviam-se passos e, então, alguém surgia. Como reação a garota olhava nos olhos do pedestre e sorria. Quando não a viam ou fingiam não ver ela dizia em alto bom som um hospitaleiro: “Oi”.
Alguns olhavam, alguns nem ouviam, mas a maioria sorria e respondia um:”Oi”.  Quando essa garota cresceu e conquistou a liberdade de ir na padaria sozinha ela passou de fase na sua brincadeira e começou a desejar bom dia seguido de um sorriso a todos os vizinhos que apareciam no caminho. Praticamente todos respondiam com freqüência e quando um a ignorava havia outro na frente que logo sorria. Passado o tempo nem precisava dizer bom dia, as pessoas diziam bom dia a ela. Essa garota cresceu mais e em um dia comum, enquanto ia a mesma padaria, ela foi parada por um moço que a questionou: “Por que você anda sempre sorrindo?”. Estranhando a pergunta ela sorriu e respondeu que não sabia. Pensando um pouco mais concluiu que a resposta correta adequada seria: "Por que eu não sorriria?"
Já percebeu como a gentileza pode alegrar um dia comum. Ceder um lugar, ajudar nas compras, segurar a porta,  desejar bom dia  ou apenas sorrir para a pessoa conhecida ou não ao seu lado alegrará não somente o dia da pessoa, mas o seu também. Claro que há pessoas que irão fechar a cara, estranhar e até achar que você está paquerando, porém, outras irão apenas sorrir também. Não há motivos para não ser gentil. Experimente. Caso prefira, comece com pessoas que você conheça. Simples gestos podem provocar uma reação muito gratificante. E então, quantos sorrisos você roubou hoje?
Às vezes, quando ando entre as quadras,  deparo-me com uma criança na porta de casa dizendo um gentil oi para as diversas pessoas que passam na sua porta. Quando encontro uma criança assim eu logo retribuo e lembro dessa garota que fazia a mesma coisa, e lembro de mim.

2 comentários:

Mari disse...

Pequenas gentilezas que muitos estão esquecendo...como um olhar acolhedor, um sorriso, um Olá, podem mudar o dia de uma pessoa!

Muito bom o texto!

Apaixonados disse...

Verdade. Pequenos gestos podem mudar o dia! Obrigada pelo comentário. Abraços!
Ass: Thai

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Clavedelua. Tecnologia do Blogger.